Touros Brangus têm maior média do ano em leilão de genética da VPJ Pecuária

O 22º Leilão VPJ Genética bateu o recorde nacional de vendas para touros da raça Brangus, alcançando média de R$ 41.538.00 com a comercialização de sete reprodutores com altos índices no Programa Natura. O valor recorde para machos Brangus do ano foi confirmado pelo Banco de Dados da DBO.

Sete touros Brangus foram comercializados durante o tradicional pregão da VPJ, com destaque para o reprodutor VPJ FIV 391 Messias (foto) que teve 50% de sua propriedade adquirida por João Pedro Lima Martins de Rio Verde (GO) pelo valor de R$ 135 mil. Messias foi valorizado em R$ 270 mil e segue contratado pela Alta Genetics.

Além dos sete reprodutores, o leilão comercializou também cinco matrizes Brangus que saíram ao preço médio de R$ 16.500.

A raça Brangus vem ganhando cada vez mais destaque no Brasil. Nos últimos dez anos cresceu cerca de 80% e, segundo dados da Associação Brasileira de Brangus (ABB), hoje já são 13.626 animais PO registrados no país. E esse número pode ser ainda maior, pois uma boa parte dos criadores não costuma registrar seus animais.

A raça já é reconhecida por produzir carne macia e com alto índice de marmoreio, características muito valorizadas hoje pela indústria de carne de qualidade.

CONHEÇA A RAÇA

O Brangus é resultado do cruzamento entre o Angus e Zebu, e foi criado nos EUA com o objetivo de gerar um animal com altos índices de produtividade, mesmo criado em condições de clima e meio ambiente adversas.

No Brasil os primeiros cruzamentos começaram na década de 1940 em Bagé, no Rio Grande do Sul, e em pouco tempo a raça se espalhou por todas as regiões do país. Os animais Brangus possuem características específicas de raças zebuínas, como rusticidade, tolerância às variações climáticas, resistência a parasitas e habilidade materna unidas às vantagens dos taurinos como qualidade de carne, fertilidade, precocidade sexual e elevado potencial materno.

A raça de maior adaptabilidade em países tropicais produz excelente carcaça e, quando cruzada com fêmeas meio sangue Angus, produz animais de altíssima qualidade de carne que hoje tem grande demanda pelos programas de certificação.

O touro Brangus é a melhor opção para as regiões Centro-Oeste e Norte do país para monta natural em vacas zebuínas, assim como no repasse dos programas de inseminação artificial. As fêmeas da raça são altamente férteis, maternas e produtivas tornando-se a forma ideal na produção de touros Ultrablack quando acasaladas com touros Aberdeen Angus.

Para mais informações sobre a VPJ Pecuária:
Breeders Propaganda e Marketing
Mauren Ribeiro
E-mail: mauren@breeders.com.br
Telefone: (19) 3867-7022

Tags